segunda-feira, 6 de junho de 2011

CALÇADA DE LIÓS: RESPONDE O IPHAN

RECEBI HOJE E REPASSO

Prezados Senhores e Senhoras,
Agradeço a informações e as fotos enviadas. Em atenção à mensagem e a informação repassada pelo Pedro Paulo, logo pela manhã, estive no Mercado de Carne, acompanhada do arquiteto Akel Fares da Prefeitura, o qual esclareceu tratar-se de obra realizada pela Seurb a qual está acompanhando e orientando.
Segundo o arquiteto, como havia muitas falhas no pavimento das calçadas que circundam o edifício, à exceção da calçada posterior, pela rua 15 de novembro, que se encontra praticamente completa, a equipe responsável pela obra optou por concentrar o pavimento de lioz nas quatro entradas do Mercado além de manter o pavimento da calçada da 15 de Novembro. As demais áreas de onde foi removido o lioz receberão revestimento de pedra cariri.
Assim, as pedras removidas serão reassentadas marcando as quatro entradas do edifício. A calçada pela quinze permanecerá revestida de lioz, devendo ser recuperada e nivelada.
Att.,
Maria Dorotéa de Lima
Iphan/Pará

P.S. Segundo trabalhadores daquela área, um caminhão ja levou um bocado dessas pedras .Francamente gostaria de saber onde foram parar. Quem sabe daria para fazer outro pedaço de calçada.

2 comentários:

Claudia disse...

A pedra cariri e um arenito, sedmentar, enquanto que a pedra de lioz, alem de seu valor historico, e uma pedra metamorfica, um tipo de marmore, portanto muito mais resistente que a cariri. Esta na hora do poder publico deixar de se fazer de arauto da falsa cegueira. Me espanta o Akel concordar com isto.

Vereador Augusto Pantoja disse...

Olá!
Dulce Rosa, estamos enviando um ofício para a Secretaria de Urbanismo
para solicitar a reposição dessas pedras.Precisamos marcar semana que vem uma vinda sua aqui no gabinete para conversarmos e gostaria que você nos trouxesse o documento da Associação para verificarmos.