sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

CONVITE


aMIGOS,
vamos festejar Belém no dia 12/1 com o lançamento do movimento Nossa Belém.

1 - A Rede Nossa Belém surge a partir da união de diversas organizações da sociedade civil inconformadas com o cenários sócio-econômico de Belém, onde a violência e o desrespeito aos direitos dos cidadãos vem crescendo assustadoramente. Tais organizações já desenvolviam diversas atividades com resultados nas áreas de educação, segurança pública, patrimônio histórico, cultura e outras submetidas ao controle social. Buscando um novo caminho voltado ao desenvolvimento sustentável, as organizações tomaram conhecimento da linha de trabalho desenvolvida pelo movimento Nossa São Paulo decidindo assim, reproduzir tal experiência, democrática, apartidária, inter-religiosa e propositiva no Município de Belém e integrar-se à Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis. Em junho de 2010, o movimento, ainda em processo de consolidação, priorizou a área de segurança pública para formação do seu primeiro grupo de trabalho - GT, pactuando com a Secretaria de Segurança Pública o Projeto “Nossa Belém Segura”, induzindo juntamente com a Rede de Controle da Gestão Pública a criação do Observatório Social de Belém (www.osdebelem.org) que articulará o GT Gestão Pública.

A data oficial de fundação da cidade é também data do niver de fundação da CiVViva, aproveitaremos, portanto, para lançar uma espécie de denuncia sobre a situação do nosso patrimonio: Belém: com eira, beira e ramo de mangueira", anteprima de um livro em projeto.
2 - O livro deveria mostrar a situação de boa parte do nosso patrimonio arquitetonico e, também, como alguns "restauros" são feitos:
- não so a abundância de vidros fumê usados (e permitidos) em restauros de casarões na Cidade Velha por alguns orgãos públicos,
-mas, como garagens rasgam a frente de imoveis sem que ninguem evite que isso continue acontecendo num centro histórico, que ja é tombado pela Prefeitura,
- e, como é que em 7 anos o Monumenta so autorizou o financiamento de 7 (sete) imóveis em Belém... E OS 49 PEDIDOS DA CIDADE VELHA CONTINUAM ESPERANDO HA DOIS ANOS????etc., etc., etc.
Com argumentos desse genero, ficou difícil arranjar financiador, então pensamos em fazer uns poucos CDs, tipo boneca do livro em projeto "Belém: com eira, beira e ramo de mangueira" para vender em tal ocasião.

3 - Pedimos a ajuda dos blogueiros de Belém: que todos coloquem fotos do nosso patrimonio abandonado em seus blogs a partir do dia 12 de janeiro. Quem não tiver fotos me avise que eu mando. Peço somente que citem o autor da foto.

Me ajudem a fazer publicidade disso, por favor.

ISSO ACONTECERÁ NO FORUM LANDI, AQUI NA PRAÇA DO CARMO, DIA 12/1/2011 - quarta feira - A PARTIR DAS 19 HORAS.

Um comentário:

Márcia disse...

MAIS UM PRESENTE A POPULAÇÃO DE BELÉM

Roteiro Geoturístico no Aniversário de Belém

A UFPA convida todos a comemorarem o 395º aniversário de Belém participando do Roteiro Geoturístico na Cidade Velha. Trata-se de uma iniciativa do Grupo de Pesquisa em Geografia do Turismo, da Faculdade de Geografia e Cartografia da UFPA, que objetiva desenvolver fundamentos para a elaboração de roteiros geoturísticos, tomando como base a formação histórico-espacial da cidade de Belém, especificamente, do bairro da Cidade Velha, no centro histórico, a partir dos atores sociais que ali vivem.

O projeto, que conta com o apoio da PARATUR e da Prefeitura Municipal de Belém, pretende, ainda, apresentar os roteiros à Sociedade e ao Poder Público como perspectivas de atividades econômicas voltadas para o desenvolvimento local.

O roteiro é resultado de um projeto de extensão coordenado pela Professora Maria Goretti Tavares e será realizado a pé pelas ruas da Cidade Velha.

Serviço:
Data: 12 de janeiro de 2011, quarta-feira
Horário: 8h
Ponto de encontro: Forte do Cartelo
Paticipação gratuita.

Aproveito para repassar o convite e